Skip to content

Profissão: Projetista de Jogos

27 de outubro de 2008
Shigeru Miyamoto, projetista dos jogos Mario e Zelda (entre outros)

Shigeru Miyamoto, projetista dos jogos Mario e Zelda (entre outros)

Hoje vou falar sobre a profissão que almejo trabalhar, e que é conhecida como Game Designer.

Primeiro vamos falar sobre o que um projetista de jogos NÃO faz. O projetista de jogos NÃO faz a estória do jogo (não como projetista, mas pode faze-lo como escritor se ele tiver ambos os cargos), o projetista de jogos NÃO faz arte do jogo, o projetista também NÃO faz a programação.

Então vêm a pergunta de muitos, o que o projetista faz? Responder que é o projeto seria muito fácil, mas não é uma resposta muito útil as pessoas que não sabem o que é o projeto de um jogo! Então vamos explicar este ponto…

Um jogo como eu disse em outro artigo um jogo é interativo e contêm regras, coisas que também são válidas para quebra-cabeças, competições e até brinquedos, coisas que nós projetistas de jogos geralmente também projetamos, ou seja, nosso trabalho é criar as regras, determinar como o usuário pode interagir com o sistema e as regras para isso, lembrando que isso não vale só para a mídia digital, mas também para jogos de mesa (entre outros).

Um projetista então tem o trabalho de criar a idéia principal do jogo, e desenvolver as regras, como é difícil saber o que é legal e o que não é ao olhar as regras no papel, o projetista também deve se necessário criar protótipos ele mesmo, ou guiar uma equipe para criar protótipos, os protótipos devem ser analizados e então usados para repensar o projeto.

O projeto se resume a um documento chamado documento de projeto de jogo, também é conhecido pela sigla GDD (game design document), este documento diferente do que a maioria das pessoas pensa não é um documento fixo, é DEVER do projetista rever constantemente o documento de forma atualiza-lo conforme o jogo é criado, pois por mais que o autor tenha uma boa visão do futuro sempre vai surgir questões na hora de implementar o projeto, sempre algum detalhe escapa, além disso durante os testes vão surgindo os problemas que devem ser corrigidos.

Chris Taylor, projetista do Total Annihilation e da série Dungeon Siege

Chris Taylor, projetista do Total Annihilation e da série Dungeon Siege

Um projetista que não atualiza a documentação durante o projeto e não acompanha a equipe é um projetista falho, é de extrema importância todos os passos que algumas pessoas podem até considerar chatos, criação de protótipos, testes e revisões.

Apesar de que a profissão de projetista é a profissão dos sonhos de muitos, é muito difícil começar por essa profissão na indústria formal, o meio mais fácil é se tornar primeiramente um testador, e como testador achar os problemas de projeto e aponta-los de forma eficiente, a empresa pode então perceber que o testador é uma pessoa com potencial e promove-lo eventualmente a projetista. Mas nem sempre esse caminho é possível, ou é um caminho que depende muito de sorte (tem gente que não gosta de “eventualmente”), e então recomendo outros caminhos, como o do projetista do Mario Shigeru Miyamoto, que começou na empresa como ilustrador (tanto que ele mesmo desenhou o Mario, o Donkey Kong e o Link), ou do projetista Chris Crawford, que começou programando.

Outro caminho possível aos aspirantes a projetista, que é o caminho por onde eu estou seguindo, e por onde Richard Garriot (da série Ultima) seguiu, que é a criação de jogos independentes, você mesmo faz seu projeto, consegue uma equipe e o executa, as vezes é necessário ter outras habilidades também (eu sou programador e tenho habilidades artisticas rudimentares mas que não são menos úteis).

Como eu disse existem vários tipos de programadores, vários tipos de artistas, e também vários tipos de projetistas, mas os outros tipos vou explicar em artigos posteriores.

Agora como sempre faço, vamos as dicas de ferramentas de computador:

Open Office (programa grátis de escritório, gera arquivos PDF com facilidade, eu recomendo!)
Bloco de Notas ou parecido (muito útil na hora de anotar idéias em emergências, coisa que deveria ser comum se você é talentoso)
Um programa de desenho qualquer (vide o artigo sobre artistas), para fazer rabiscos que explicam sua idéia (é muito mais fácil explicar com desenhos)
Dia (programa de graça que faz gráficos de fluxo)
Adobe Flash (programa que permite fazer jogos simples rapidamente, ótimo para prototipagem ou para fazer jogos para colocar na internet ou em celulares!)
RPG Maker (programa para criar jogos RPG, use um desse pelo menos uma vez!)
Multimedia Fusion (outro programa de prototipagem, serve para fazer versão final de jogos mais simples)
Também recomendo que se familiarize com folhas de cálculo (como o OpenCalc ou o MS Excel) para que facilite muito sua vida na hora de calcular o resultado de regras que usam fórmulas (como por exemplo regras de dano de um personagem, ou o quando muda o alinhamento dele de acordo com as ações…)

No próximo artigo da série vou apresentar o cargo menos entendido de todos, o cargo de Produtor.

Anúncios
11 Comentários leave one →
  1. 1 de novembro de 2008 11:17 pm

    Parabéns Hélder.
    Ótimos artigos.

    Você conhece o Concept Mindmap ?
    ele é um software muito bom para brainstorm e para rascunho de mecânicas de jogo.

    Até mais

    Juquitiba

  2. originalspeeder permalink*
    2 de novembro de 2008 5:23 pm

    Bom, parece que concept mindmap é uma técnica, estou pegando o programa FreeMind que é livre.

  3. 10 de dezembro de 2008 6:35 pm

    como faço para me cadastrar

    • originalspeeder permalink*
      11 de dezembro de 2008 3:40 am

      Cadastrar no que?

  4. Guilherme permalink
    4 de maio de 2009 2:40 pm

    eaee galera
    Eu estou com varias duvidas a respeito dessas profissoes
    vamos dizer que eu nao entendo nada sobre isso mas estou querendo entender pois eu tenho uma grande imaginacao (grande mesmo) e ja tenho uns 12 jogos na minha mente e sonho em coloca-los quem sabe nos proximos videogames e eu preciso muito de uma orientacao alguem poderia me ajudar???

  5. Vacuum permalink
    18 de junho de 2010 6:49 pm

    eaee galera
    Eu estou com varias duvidas a respeito dessas profissoes
    vamos dizer que eu nao entendo nada sobre isso mas estou querendo entender pois eu tenho uma grande imaginacao (grande mesmo) e ja tenho uns 12 jogos na minha mente e sonho em coloca-los quem sabe nos proximos videogames e eu preciso muito de uma orientacao alguem poderia me ajudar???²
    qual profissão realmente seguir para chegar ate a parte onde eu msmo irei produzir meus jogos !?
    abraços
    att

  6. originalspeeder permalink*
    18 de junho de 2010 6:58 pm

    Qualquer uma delas…
    Se você for fazer um jogo sozinho, você vai ter que saber tudo mesmo 😛

    Mas o mais comum, é programação…

  7. Victor permalink
    12 de junho de 2011 1:56 am

    que faculdade devo fazer no brasil para poder ser projetista de jogos?

  8. originalspeeder permalink*
    12 de junho de 2011 2:04 am

    Leia o artigo “Que faculdade fazer” aqui no blog.

    Mas sendo curto: Eu diria que nenhuma. A profissão de projetista atualmente paga péssimamente, e todas as faculdade mesmo distantemente relacionadas cobram caro… é normal projetista de jogos no Brasil demorar pelo menos 8 anos para pagar a faculdade, ou mais… (SE conseguir pagar… tem gente que sei que vai morrer devendo).

  9. Rafaela Oliveira permalink
    2 de outubro de 2011 8:57 pm

    legal…

  10. katia permalink
    31 de março de 2012 4:35 pm

    eu sou fã do grande mauricio de sousa e o desejo muitas felicidades

Deixe um comentário por favor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: