Skip to content

SBGames 09: A joguificação das mídias.

15 de outubro de 2009

sbgames_entisGlenn Entis, criador da empresa PDI (Pacific Data Images, ganhou o Oscar com a animação Shrek, agora parte da DreamWorks), que fez animações para Globo em 1982 e 83, retornou ao Brasil e nos deu a primeira palestra geral do SBGames 09.

Entis começou dizendo que a cultura do entretenimento existiu na humanidade desde muito tempo atrás, mas por milênios tinha um alcance muito curto, uma peça de teatro por exemplo geralmente existia somente em um único teatro, e as pessoas tinham que ir até lá assistir.

Na era industrial mecânica então surgiu a produção em massa, isso permitiu um mercado de massa, uma massificação do público, agora todos que quisessem por exemplo ouvir uma música, podiam ou comprar uma partitura (impressa) e tocar ou comprar um disco. Mas a fidelidade ainda era baixa (exemplificado pela baixa qualidade do disco, ou que você mesmo tocar a música é diferente do autor tocar…), e não tinha a mistura de mídias, música era música, teatro era teatro, cartaz era cartaz, você não tinha cartaz animado, video-clipe e esse tipo de coisa.

Entis então disse que sempre há mudanças, e mudanças levam a rompimentos, e estes secretamente, levam a oportunidades.

Então ele prosseguiu para dizer o que está acontecendo agora, as mudanças (e portanto rompimentos, mas oportunidades) atuais da era digital.

A primeira, é que tudo está se tornando digital, além do óbvio (arquivos .mp3 e arquivos de vídeo), temos por exemplo até o Kindle (aparelho que simula papel, mas na verdade é uma tela, onde ele mostra o texto de livros digitais, mas ainda parecendo que é papel). A ruptura é justamente o fato que agora a fidelidade é sempre perfeita, e as cópias são infinitas, o que torna necessário novos modelos de negócio.

A segunda tendência é a banda larga, apesar de que ainda é rara em alguns lugares, outros países como a finlândia pretendem ter 100% da população tendo acesso grátis a banda larga de 100MBps em 2015. Essa tendência torna o mundo inteiro o mercado potencial de qualquer produto digital.

A terceira tendência é software como serviço (novamente, tenha em mente que estou falando aqui das palavras de Glenn Entis, eu pessoalmente não concordo muito), e deu exemplo do Fifa na Coréia, que era muito pirateado, então saiu um Fifa grátis online para os Coreanos, mas onde eles podiam comprar várias coisas (uniformes por exemplo).

Neste ponto Glenn disse que pode-se perceber que a tendência é  os produtos escaparem o tempo, espaço e materiais, com transmissão instantânea para qualquer lugar do globo com fidelidade perfeita.

O Senhor Entis então continou, e nos apresentou seu quarto ponto, a quarta tendência é os consumidores como criadores, deu exemplo do Wikipedia, Youtube, Spore, The-Sims e finalmente disse uma frase interessante: Nas mídias antigos nós assistiamos o herói, agora nós SOMOS o herói.

Então Glenn Entis falou da tendência de consumidores serem dados, mostrou como o google analiza seus usuários para mostrar a propaganda correta, e como jogos podem usar essas tecnologias para dar ao jogador apenas o que ele quer, com a aplicação mais óbvia sendo dificuldade dinâmica.

Então a palestra chegou ao seu ponto alto, a joguificação das mídias, a sexta e principal tendência, onde várias mídias estão assumindo características vindas dos jogos, estes feitos para serem atrativos, divertidos e viciantes, qualquer mídia que tiver essas três propriedades facilmente mantém o usuário prestando atenção, Entis chegou a dizer que quem não usar esses conceitos não vai mais criar mídias de sucesso, então ele deu exemplos, o sistema de estrelas do eBay (quando mais alguém vende bem e atende bem, mais estrelas a pessoa ganha, subindo em um ranking), a ferramenta de compra de tênis online da Nike, que permite a criação de um tênis usando um sistema parecido com o criador de personagem de um jogo, a proliferação dos jogos de propaganda (como uma série famosa do Burger King), e deu finalmente o exemplo de um site que oferece torneios da criação de logotipo, quem faz o melhor logotipo ganha o prêmio e sobe no ranking, o resultado é que tem gente que participa mais pela diversão do que pelo dinheiro, resultando em uma quantidade grande de logotipos de alta qualidade e baixo preço.

Glenn então disse para percebermos que a profissão de projetista de jogos é uma profissão que não se aplica só aos jogos, um bom projetista de jogos pode projetar outras mídias e ter sucesso, não só isso, mas outras mídias cada vez mais vão depender disso.

Glenn Entis é o dono da empresa VanEdge Capital, que investe em empresas de entretenimento interativo.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário por favor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: